As dicas de uma designer de sobrancelhas profissional – Entrevista com Victória Tonetto

Que tal saber na prática como é a vida de uma mulher empreendedora? É esse o objetivo da nossa série de entrevistas no blog da Velvet!

Dessa vez, quem está com a palavra é a Victória Tonetto, de Canoas/RS. A designer de sobrancelhas, que também é estudante de Jornalismo, compartilha um pouco de suas paixões com a gente:

 

O que te motivou a trabalhar por conta própria na área de beleza?

A flexibilidade de horários, o salário e acima de tudo a mudança que podemos fazer na vida das pessoas através do nosso trabalho, que resgata a autoestima de muitas mulheres.

 

Qual é a maior vantagem de empreender, para você?

Total autonomia sobre a nossa vida.

 

victoria-tonetto

 

Como é conciliar o empreendedorismo com os estudos?

Difícil, rsrs. No horário da faculdade nunca consigo estar presente no dia a dia da empresa e hoje em dia é muito difícil encontrar alguém de total confiança para gerenciar algo que batalhamos tanto para ter. E mesmo assim sempre estamos conectadas nas redes sociais da empresa e em contato com a gerente por Whatsapp.

 

Qual é a sua dica para quem deseja trabalhar com estética e beleza e não sabe por onde começar?

Persistência e muito estudo, estar sempre se atualizando dentro da sua área é o principal. As brasileiras cobram muito e nosso mercado é único. A pele e os cabelos das Brasileiras são diferentes do resto do mundo e somos um dos líderes em beleza no mundo.

E persistência porque no início é muito difícil,  a gente pensa em desistir quando os clientes não chegam ou quando achamos que nosso trabalho não é valorizado da forma correta. Mas com dedicação, persistência e inovação qualquer profissional pode chegar longe!

Sempre lembrando que sucesso não tem a ver só com dinheiro, mas com a diferença que fazemos na vida das pessoas! Isso é o que atrai mais clientes até nós.

 

Deixe suas redes sociais para quem quiser acompanhar seu trabalho!

@vitonetto no Instagram e Victória Tonetto Sobrancelhas ou Spa dos Cílios no Facebook!

 

E você, já pensou em trabalhar transformando olhares e aumentando a autoestima de muitas mulheres? Conte para nós no que você sempre sonhou empreender!

 

 

 

 

Por que toda empreendedora deve entender de finanças (e como você pode aprender)

Continuamos com a série de posts sobre finanças para empreendedoras! Esse assunto é muito importante para fazer qualquer empresa crescer e fazer uma diferença real na sociedade. Você não precisa ser pão-dura ou ambiciosa demais por se importar com suas finanças, elas são sua forma de fazer seus sonhos se tornarem realidade.

Sobre o assunto, conversamos com a consultora financeira e dona da empresa Dinheiro Inteligente, Evanilda Rocha. Ela é consultora desde 2004 e é pós-graduada em Gestão de Empresas, ou seja, ninguém melhor para tirar nossas dúvidas!

Evanilda-Rocha
Evanilda Rocha

Por que o conhecimento sobre finanças é importante para empreendedoras?

Além do conhecimento sobre finanças ser um dos alicerces da geração de riqueza, ele possibilita que as empreendedoras cresçam “no azul”  com seus negócios.

É preciso fazer um curso para aprender sobre o assunto?

Não é necessariamente preciso mas é muito conveniente fazer um curso. Isso porque os cursos em geral são específicos, focados em resultados e fornecem ferramentas práticas e objetivas. Eles fornecem um passo a passo do que precisa ser feito para ter sucesso financeiro.

Quais são os benefícios de uma consultoria financeira?

São muitos os benefícios, entre eles possibilita:
– conhecer a realidade financeira pessoal e a realidade do negócio;
– organizar todos os números do fluxo de caixa;
– ter dinheiro sobrando com frequência;
– ter investimentos;
– preparar para o crescimento do negócio e a independência financeira.

Preciso ter uma poupança para minha empresa?

Sim, o ideal é que cada empresa tenha o seu próprio “capital de giro” específico.

É preciso ter muito dinheiro para começar a investir?

Não. Atualmente, a partir de 30 reais já é possível começar a investir.

Quais são as dicas que você dá para quem precisa de dinheiro para começar um negócio?

A) O ideal é que cada empresa comece a funcionar tendo seu próprio capital. Essa é a maneira mais barata já que não há pagamento de juros.
B) Buscar por agência de fomento (instituição com o objetivo principal de financiar capital fixo e de giro para empreendimentos previstos em programas de desenvolvimento). É preciso pesquisar no estado em que cada empreendedor se encontra. É preciso pesquisar muito bem para encontra-las já que elas não virão bater à porta do empreendedor.
C) Empréstimo bancário. Há necessidade de fazer uma ótima pesquisa sobre as melhores taxas que não costumam ser baratas.

Se você quer começar agora mesmo a colocar suas finanças em ordem e colocar o dinheiro para trabalhar a seu favor, invista no seu conhecimento. Peça um orçamento para consultoria financeira pelo e-mail: contato@velvetcomunicacao.com.

Qual o capital de giro necessário para criar minha marca?

Apenas uma ideia boa não toca o negócio para frente, organização e comprometimento são fatores que distinguem o fracasso do sucesso de uma marca. De acordo com o IBGE, de cada dez empresas, seis fecham antes de completar 5 anos.

Essa análise demonstra que o planejamento estratégico de abertura e manutenção de uma companhia é algo a ser acompanhado de perto pelos gestores. Assim surge a pergunta: Qual o capital de giro necessário para criar minha marca?

Dois fatores são essenciais, Capital de Investimento e Capital de Manutenção. O capital de investimento (ativo) é todo e qualquer valor destinado à inauguração do negócio, por exemplo, para uma loja de roupas será necessário orçar quais os valores dos expositores, estoque inicial de produtos, impostos para abertura da empresa, marketing, serviços de contabilidade, entre outros.

O segundo passo é examinar qual será a origem do capital, utilizar recursos próprios ou de terceiros. Importante destacar esse ponto, pois nem sempre usufruir de recursos próprios é uma boa estratégia.

Se a empresa for altamente rentável, a mesma pode realizar uma alavancagem financeira, mas isso é assunto para outro tópico. Quanto ao capital de manutenção (giro), o mesmo é o valor disponibilizado para manter a empresa em produção.

Ou seja, é o recurso destinado a manutenção mensal, por exemplo, pagar funcionários, aluguel, estoque, despesas administrativas, impostos, entre outros. Em outras palavras, é o valor necessário para gerir a empresa enquanto não recebe a receita da venda. Mas descobrir esse valor nem sempre é tarefa fácil, depende do ciclo financeiro da instituição.

Basicamente torna-se necessário examinar o prazo que a empresa leva para pagar suas despesas, receber as receitas, e renovar os estoques. Podemos concluir que criar uma marca não é fácil, mas também não é impossível, apenas é necessário organização e comprometimento. Seja uma marca de sucesso! Desenvolva sua inteligência financeira!

Conteúdo por Andrio Dutra

Coach financeiro

https://www.andriodutracf.com/

Como sua imagem pessoal pode alavancar seu negócio

Você tem um negócio próprio e quer utilizar de todas as armas possíveis para que ele dê certo? Então está na hora pensar com um pouco mais de carinho na sua imagem pessoal.

Sim, a forma como você se expressa, se porta e se veste tem uma relação muito direta em como as pessoas vêem a sua empresa e as suas capacidades.

Você não precisa gastar muito dinheiro com roupas novas, cursos de etiqueta ou deixar de ser você mesma. O importante é escolher com cuidado tudo o que você veste, fala e faz.

Entrevistamos a stylist de Minas Gerais Luíza Böeh que também é empreendedora (é dona do aplicativo Casafash) e entende tudo do assunto, confira:

luiza
Luíza Böeh

Luiza, é necessário renovar o guarda-roupa ao decidir empreender?

Não é preciso necessariamente trocar o guarda-roupa inteiro, mas é preciso selecionar. Muitas vezes a gente ganha roupas, vai usando e elas ficam gastas, ficam feias e a gente não percebe. Roupas muito gastam ficam ruins.

Tem algumas peças no guarda-roupa que são essenciais e a ajuda profissional (de uma stylist) é para isso, saber quais são essas peças. Então não necessariamente você precisa renovar o guarda-roupa, mas entender o que ainda funciona para você.

Depois dessa limpeza, aí é necessário fazer umas compras básicas, de peças que vão complementar o guarda-roupa e lhe dar uma cara de mulher de negócios.

Empreendedoras precisam se vestir de maneira formal?

O que é formal hoje em dia? Muitos campos de trabalho são bem liberais com isso. É muito amplo falar de formalidade. O importante é não se vestir de maneira vulgar, provocativa ou qualquer coisa dessa forma.

Um vestido cabe (colorido ou preto), por exemplo. Não dá para falar o que é formal e o que não é, depende muito em que tipo de área a pessoa vai empreender.

Quais são as peças essenciais para deixar o look mais sério, mais “mulher de negócios”?

O básico é uma calça skinny, porque é a peça mais básica que podemos ter no nosso guarda-roupa. Se ela for em um tom escuro (jeans escuro ou preto), é a melhor coisa.

Você pode colocar um terninho ou uma blusa jeans por cima, depende do que você tiver para combinar. Gosto de kimono também, porque dá um toque a mais. Se você usar uma camisa, uma calça e um kimono já dá um ar de seriedade. Blazer também cai muito bem.

Saias acima do umbigo e próximas do joelho (para baixo ou um pouco para cima) e vestidos do mesmo comprimento também são boas opções. Acessórios são as coisas que mais ajudam. Bolsas, sapatos fazem a maior diferença no que você escolher.

Se você escolheu um look básico, mas um relógio e uma bolsa bacanas, você vai passar uma imagem de mulher de negócios. Não dá para focar em uma peça só. Você pode usar o básico e ser elegante.

A liberdade sexual das mulheres é muito bem vista atualmente, mas no local de trabalho incomoda. Looks muito sexy muitas vezes impedem a gente de se locomover tranquila.

Evitando esse tipo de roupa, você não precisa se preocupar em pegar uma caneta que caiu no chão e aparecer alguma coisa, por exemplo. Para se inspirar em looks mais sérios, recomendo as produções das irmãs Kardashian.

 

PS: Já pensou em fazer um processo de coaching? Neste post tem todas as vantagens do coaching para empreendedoras!

As vantagens do coaching para empreendedoras

Você provavelmente já ouviu falar sobre o processo de coaching, certo? Se trata da contratação de um profissional (com formação em coaching), muitas vezes focado em carreira, vida pessoal, saúde ou relacionamento, para lhe auxiliar a chegar aos seus objetivos.

Ao contrário do que muitos pensam, fazer coaching é algo que pode beneficiar a todas as pessoas, independente de cargo, escolaridade ou situação. O profissional irá aplicar as melhores técnicas e ferramentas para que você encontre as suas respostas e se conheça mais, para encontrar o melhor caminho para sua vida profissional ou pessoal.

Para entender mais sobre o assunto, confira abaixo a entrevista exclusiva de nossa equipe com a coach de carreira Karina Krech, que atua em Porto Alegre e região metropolitana:

coach-karina-krech

Karina Krech

Qual é a importância do coaching para as empreendedoras?

O processo de Coaching proporciona autoconhecimento, logo, isso faz com que o coachee (cliente) identifique com clareza suas metas e seus objetivos, fazendo com que planeje de forma assertiva seu plano de ação (o “como” alcançar metas e objetivos).

Um empreendimento com um bom planejamento possui uma probabilidade muito maior de obter sucesso, além disso, o Coaching proporciona o aumento da performance, fazendo com que as empreendedoras estejam com maior engajamento, senso de realização para alavancar seu negócio, além de um melhor equilíbrio emocional para lidar com as adversidades que possam surgir ao empreender.

Quanto tempo dura o processo?

O processo de Coaching possui um plano de 10 sessões, que ocorrem geralmente uma vez por semana. Diante disso, dura em torno de 3 meses.

O que posso aprender com o coaching?

O Coaching proporciona diversos benefícios, principalmente conforme os objetivos do Coachee. Alguns deles:

Autoconhecimento, proporcionando escolhas de acordo com seus pontos positivos, com seus valores e com as atividades que mais se identifica;

Melhora na vida pessoal, atingindo o equilíbrio com a vida profissional;

Desenvolvimento da Inteligência Emocional, possibilitando uma visão diferente sobre as adversidades; aumento da produtividade, tornando os seus dias mais proveitosos;

Gestão do tempo, identificando suas prioridades e definindo melhor sua agenda e horários; decisões assertivas, propiciando mais segurança;

Desenvolvimento de habilidades comportamentais, melhorando a performance em sua carreira;

Foco na solução, proporcionando um olhar criativo, resiliente e com mais resultados;

Novos e bons hábitos, aumentando sua qualidade de vida e reduzindo o nível de estresse.

Devo procurar um coach especializado na área do meu negócio?

Não há necessidade, pois o Coaching, ao contrário da Consultoria, faz com que o Coachee encontre as respostas que já estão consigo, através de técnicas e ferramentas de Coaching.

O Coach não dá as respostas, nós ajudamos a encontrá-las, isso faz com que as decisões sejam muito mais assertivas, propiciando uma motivação muito maior ao buscar a realização das mesmas.

Posso fazer um coaching a distância?

Sim, o Coaching a distância ou online proporciona os mesmos resultados da modalidade presencial. O Coachee ainda possui a facilidade de ser atendido em qualquer lugar, basta ter um smartphone e uma conexão à internet. Grandes Coaches do Brasil, como Gerônimo Theml, atualmente só realizam atendimentos online.
PS: Quer se inspirar a se tornar uma profissional melhor? Leia essas dez frases para mulheres empreendedoras.

Baixe o e-book de marketing para lojas de roupas!

Você tem uma loja de roupas e quer utilizar as mídias sociais para atrair mais clientes, tanto se você vende online ou somente em loja física? Isso é possível com um pouco de dedicação!

Neste e-book elaborado pela Velvet Comunicação e Marketing, estão as principais dicas para você começar a estabelecer a marca da sua loja de roupas na internet. Você vai saber quais são as redes sociais que você precisa estar, qual é a frequência ideal de conteúdo e qual tipo de post bomba mais em cada plataforma.

Baixe o e-book clicando no banner abaixo, siga nossas dicas e faça a sua loja crescer muito mais em 2018, fazendo você alcançar as suas metas muito mais rápido!

marketing-para-lojas-de-roupas

Se você não conseguiu baixar, deseja tirar uma dúvida ou solicitar um orçamento, mande um e-mail para velvetcomunica@gmail.com.

Por que sua loja precisa ter um blog

Não importa se você vende roupas e acessórios online ou possui apenas uma loja física: a internet pode ser um fator decisivo para você atrair novos clientes. Segundo uma pesquisa de 2014 da Search Engine Land, 78% das pesquisas locais-móveis resultam em compras offline.

Por isso é muito importante que a sua empresa esteja entre os resultados quando os seus potenciais clientes buscarem pelo nome do produto ou serviço que você oferece, ou temas relacionados. A melhor forma de fazer isso é criando conteúdo frequente e de qualidade.

 

Esteja no topo dos resultados do Google

Se você, por exemplo, vende roupas especiais para yoga ou pilates, o seu objetivo é estar nos primeiros resultados para a busca por “roupas para yoga” e “roupas para pilates”, certo? A concorrência para essas palavras pode ser grande, por isso é necessário criar um bom conteúdo.

Para que o Google reconheça o seu post e o coloque nos melhores resultados, não existe uma quantidade certa de palavras que você irá precisar escrever, mas o ideal é que esteja sempre acima de 300. Quanto maior for o seu texto, mais completo ele estará e as chances de subir nos resultados é maior.

O seu post sobre as roupas para yoga ou pilates, por exemplo, também deve proporcionar uma boa experiência de leitura para seus potenciais clientes. Utilize negrito, imagens para quebrar o texto, subtítulos, entre outros recursos para tornar a leitura mais atraente.

É muito importante, claro, utilizar no seu título e em subtítulos a palavra chave para a qual você quer ser o principal resultado nas buscas. Não é necessário repetir o termo “roupa para yoga” muitas vezes a ponto de se tornar chato, utilizar sinônimos também funciona se o seu objetivo é aparecer no Google.

 

Faça as pessoas compartilharem seu conteúdo

Agora que você já investiu um tempo do seu dia planejando, escrevendo e revisando o seu conteúdo, o ideal é que muitas pessoas tenham acesso a ele. Só assim ele atingirá o objetivo desejado, de fortalecer a marca da sua loja e fazer você vender mais.

Para que o seu conteúdo não fique apenas restrito aos usuários que chegam ao seu site por meio do Google, crie um post que seja interessante ao ponto das pessoas compartilharem nas redes sociais. Fale sobre as tendências do momento, dê dicas para se vestir bem em uma aula de pilates, faça entrevistas, enfim, crie um conteúdo relevante.

Uma dica valiosa para fazer as pessoas compartilharem os seus posts é mencionar (ou mesmo entrevistar) pessoas. Utilizando o exemplo da loja de artigos para yoga e pilates: entrevista uma instrutora de yoga sobre as melhores roupas para a prática. A profissional ficará feliz com a visibilidade e com certeza irá compartilhar seu conteúdo em seu próprio perfil!

 

A conclusão é que o conteúdo só vai beneficiar a sua loja, trazendo mais visibilidade à sua marca e ajudando no processo de compra de seus potenciais clientes. Se você não tem tempo de criar posts para o seu blog corporativo, peça um orçamento conosco!

A importância do Instagram para pequenas empresas

O Instagram é uma rede social que vem crescendo de forma extraordinária. Milhares de pessoas estão utilizando o Instagram nas pequenas empresas. Se você ainda não utiliza essa mídia social poderosa para divulgar sua empresa, está ficando para trás.

Não se preocupe, ainda dá tempo de utilizar o Instagram na sua pequena empresa e aumentar seu faturamento de forma significativa. Você deseja conhecer a importância do Instagram para empresas? Continue lendo o artigo até o final e aprenda!

PORQUE USAR O INSTAGRAM PARA PEQUENAS EMPRESAS?

De acordo com uma publicação do site epoca.globo.com, em novembro de 2016 o Instagram atingiu mais de 500 milhões de contas de usuários. No Brasil foram criadas cerca de 35 milhões de contas na rede social, ficando atrás apenas dos Estados Unidos em número de usuários no Instagram.

Existem milhares de pessoas que usam todos os dias a rede social, esse é o principal motivo que está fazendo com que empreendedores utilizem o Instagram para pequenas empresas.

O sucesso de qualquer empresa depende de pessoas, nenhuma empresa tem vida longa se não tiver uma boa gestão, planejamento e, por fim, clientes que gostam de sua marca e estão dispostos a adquirem produtos e contratarem serviços.

COMO UTILIZAR O INSTAGRAM PARA NEGÓCIOS

A utilização do Instagram para negócios é bem simples, porém, não quer dizer que dispensa um bom planeamento. Para utilizar o Instagram para pequenas empresas você deve criar uma conta business. A mídia social disponibiliza dois tipos de contas, as contas para pessoas físicas e a conta para pessoas jurídica.

Ao criar um perfil profissional no Instagram você deve atentar-se a alguns pontos importantes, por exemplo, a foto do perfil, ela pode ser a logo marca de sua empresa, você também pode inserir quais tipos de serviços ou produtos que sua empresa disponibiliza, na descrição do perfil.

Na hora de criar as postagens você deve lembrar que as contas no Instagram das pequenas empresas não podem ser confundidas com contas pessoais. Publique fotos que descrevam o seu negócio no Instagram, utilize textos atrativos para o seu público e não poste nada pessoal.

O sucesso nas redes sociais depende muito da consistência, é importante que sua empresa faça postagens diárias para que sua marca seja vista por mais pessoas. Assim o número de seguidores tende a aumentar.

AGORA É SUA VEZ…

Não adianta apenas saber que o Instagram é uma ótima ferramenta para alavancar o faturamento.

Para aumentar vendas de pequenas empresas utilizando o Instagram para negócios é preciso dedicação na mídia social. De fato, as pessoas estão utilizando o Instagram e podem conhecer sua empresa por lá.

Crie sua conta business, escolha as melhores hashtags para o seu negócio e comece a divulgar sua marca.

O Instagram possui o Stories, que uma maneira de fazer publicações rápidas diariamente, semelhante ao Stories do Facebook. Utilize o Instagram Stories, crie vídeos e disponibilize fotos e sua empresa será lembrada pelo público.

Se sua empresa ainda não está utilizando o Instagram, não perca tempo, comece a utilizar o mais rápido possível. Com certeza você não vai se arrepender.

Gostou do artigo? Que tal compartilhar em suas redes sociais para ajudar mais pessoas a alavancarem seus negócios através do Instagram?  Não compartilhe com o seu concorrente!

Preciso largar meu emprego para empreender?

Um dos maiores mitos sobre o empreendedorismo é que existe um momento certo para empreender. Talvez você tenha seus motivos para adiar o momento de começar o seu negócio, mas a verdade é que você não precisa esperar.

É possível começar a sua empresa com o que você dispõe no momento, com a vida que você tem agora e, principalmente, com o emprego que você tem agora. Se você está realmente comprometida e acredita no seu projeto, sempre haverá uma brecha na rotina para fazer ele crescer.

O passo a passo

O primeiro desafio é encontrar tempo para começar o seu negócio, depois de decidir qual será o seu produto ou serviço. Comece pelo plano de negócios, tirando alguns minutos a cada dia para escrever um pouco. Em um dia, defina os produtos e serviços, no outro as formas de receita, no outro os parceiros da empresa e assim por diante.

Agora que o seu plano de negócios está pronto, está na hora de planejar os próximos passos. Estabeleça um cronograma, de preferência utilizando uma plataforma ou aplicativo, para você acessar sua lista de tarefas de qualquer lugar. Boas opções para isso são o Trello e o Asana.

Comece com o que você pode fazer sem custo, como criar um nome, definir uma identidade visual, criar as mídias sociais da empresa, entre outros. Enquanto isso, junte o dinheiro que será seu capital de giro. Procure não deixá-lo na poupança, mas em investimentos de maior rentabilidade, como o Tesouro Direto ou CDB.

Se você quer vender um produto e precisa do dinheiro para começar, aproveite esse momento antes de comprar o que você precisa para criar sua marca. Crie conteúdo nas redes sociais e gere um suspense sobre o lançamento do seu produto. Já se você quer prestar serviços como consultoria ou marketing, parta para a prospecção de clientes.

Procure ajuda

Para ser uma boa empreendedora, você precisa saber um pouco de tudo, para dar conta de gerir o seu negócio. Não é necessário ter dezenas de cursos ou perder suas noites estudando, mas saiba exatamente quais são os seus pontos fracos.

Fale com amigos que entendam do que você sabe menos (finanças, vendas, marketing…) e explique a sua situação. Também é válido procurar blogs e canais de Youtube especializados, além de livros e revistas. Procurar o Sebrae para uma ajuda mais completa e profissional também pode ajudar o seu negócio a alavancar mais rápido.

Saiba abrir mão de algumas coisas

Você está disposta a começar o seu negócio próprio, mas não quer abrir mão do seu emprego atual, certo? Esteja preparada para tocar a sua empresa nos finais de semana, feriados ou em momentos que seriam de lazer. Esteja cercada de pessoas que acreditam no seu projeto tanto quanto você e lembre-se: amanhã você vai desejar ter começado hoje!

Como você precisa tirar o maior proveito do tempo que tem disponível para o seu novo negócio, ter foco é essencial. Não fique com o celular por perto e feche as redes sociais, caso elas não façam parte do seu trabalho. Utilize o método Pomodoro: 25 minutos de foco total no trabalho e cinco de descanso, para checar o celular e procrastinar um pouco. Repita o ciclo até finalizar suas tarefas.

Espero que esse texto tenha lhe motivado a acreditar em seu projeto e não deixar para depois a realização dos seus sonhos! Para poupar tempo e deixar o marketing digital da sua nova empresa em boas mãos, conheça nossos serviços.