Empreendedoras contam os filmes favoritos para inspirar na quarentena

Ganhou tempo em função da quarentena? Que tal se inspirar vendo filmes de empreendedorismo? Para te ajudar, convidamos cinco empreendedoras e elas falaram seus filmes favoritos para inspirar quem está empreendendo. Confira:

 

Aurecleni Leite – Personal Shopper de Beleza, Saúde e Bem-estar

78924162_3624507644227741_3593232453730304000_n

Indico o filme Joy: Um Nome de Sucesso. Fala de perseverança, determinação, buscar seus sonhos e objetivos. Transformar suas ideias em grandes oportunidades e negócios, agregar valor.

Catarina Ruter – Mentora de negócios para mulheres

37304841_2114718691890675_7295870441887891456_n

Indico a série Self Made, sobre a vida de Madam C. J. Walker. Vale total para esse mundo do empreendedorismo. É uma história incrível para esse momento de coronavírus, de lidar com adversidades. Faz muito sentido.

Cristina Porto Vesz – Consultora estratégica para mulheres

91941589_2121634607982007_6569180950570205184_o

Tem um filme que eu gosto muito que é sobre a Coco Chanel e se chama Coco antes de Chanel. É muito interessante ver a história dela antes da fama, como ela teve de se impor em um mundo masculino, onde trabalhar não era “coisa de mulher” e como ela impôs sua vontade de trabalhar com delicadeza e personalidade, se tornando o ícone que ela representa até hoje!

Manoela Doná – Empresária no Triptofanos e criadora do @mulheres.de.alcance

82279089_2481386968656740_8997921811849019392_n

O meu preferido é o À procura da Felicidade, porque o propósito maior da vida é ser feliz, mas não significa que isso não exija superação e muito trabalho!

Michele Marques – Analista Comportamental e Mentora de Carreiras

48391806_2291422077587511_8122307430508920832_o

Um filme bem marcante para mim foi À procura da Felicidade. Me senti desacreditada muitas vezes durante a minha história, assim como muitas pessoas, e esse filme é inspirador pela persistência e principalmente pelo desejo de Chris em realmente conquistar um lugar melhor, em acreditar que ele podia ser quem quisesse e ele foi lá e fez.

Outro filme que amei foi O menino que descobriu o vento, pela vontade genuína que Malawi tem em buscar alternativas para o vilarejo onde vivia e melhorar a vida de todos, ele foi atrás do que precisava, buscou conhecimento necessário para transformar uma ideia em algo que repercutiu positivamente na vida das pessoas.